Pâmela Carvalho Foto © Douglas Lopes Se você tá a fim de ofenderÉ só chamá-lo de moreno, pode crerÉ desrespeito à raça, é alienaçãoAqui no Ilê Aiyê a preferência é ser chamado de negãoSe você tá a fim de ofenderÉ só chamá-la de morena, pode crerVocê pode até achar que impressionaAqui no Ilê Aiyê a preferência é ser chamada de negona(“Alienação” – Ilê Ayê) #37Futuros PossíveisCulturaMúsicaSociedade“A preferência é ser chamada de negona” por Pâmela Carvalho Em 2015, Mario Pam e Sandro Teles escrevem “Alienação”, no contexto do movimento artístico-político Ilê Ayê. E é com o Ilê que começaremos este breve caminho por algumas cidades do Brasil, que trazem em suas ruas, rostos e movimentos artísticos importantes lições sobre mestiçagem, racismo e reeducação das relações raciais no Brasil.O Ilê foi fundado por Antônio Carlos dos Santos e Apolônio de Jesus no bairro do Curuzu, sendo o mais antigo bloco afro do…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.

Cadastre-se