#1MudançaArteMúsica

As orquestras invisíveis

por Claudia Assef

– De Tênis não entra. Hoje é nostalgia.– Como assim moço?– Eu disse que de tênis não entra hoje. Não te avisaram que era baile nostalgia? Só entra a passeio.Por pouco não respondi que estava ali justamente “a passeio”. De nada adiantou meu nome na lista de convidados do dono do baile. E o segurança nem ligou quando argumentei que precisava entrar para fazer uma reportagem e que o tênis, afinal de contas, era meu “sapato de sair”.– Pode servir para as suas festas. Aqui, pode ser tênis feito de ouro que não vai entrar.– Aaaaarrrrrrrrrrrrrrgh!Era um calorento sábado de janeiro. Estava cansada, não conhecia direito o bairro e tinha acabado de me desentender com a amiga que me acompanhava na aventura. Quase dei meia-volta.Foi quando apareceu o DJ Gringo, um negro enorme, com seus quarenta e poucos anos, vestido de terno e gravata, a quem eu tinha sido apresentada…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.

Cadastre-se