#10FuturoCulturaSociedade

Extacity

por Marko Brajovic

As pílulas Extacity interiorizam as questões fundamentais da cidade de São Paulo: ter medo, a dificuldade de ver o belo no cotidiano urbano, o uso excessivo do carro, e não caminhar na mesma, como também não considerar a urgência fundamental de novos espaços públicos, revalorizar os rios e questionar umas arquiteturas de caráter duvidoso. Patologias tanto urbanas quanto pessoais e coletivas, uma forma mentis que reflete na forma urbis e vice-versa. A modificação de ambos os ambientes (exterior e interior) finalmente depende de nossa atitude cotidiana tanto ética quanto estética em se relacionar com a cidade como organismo coletivo.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.