#6VerdeCrônica

Verde é o dólar

por Léo Coutinho

de Márcia de Moraes Todo mundo achou que era a Amazônia e outras florestas, que era o meio ambiente, o ecossistema, como queiram chamar. Mas verde é o dólar. E o fato é que quem pode salvar ou destruir a Terra é o mercado, como ficou claro diante do risco de calote nos Estados Unidos. Se o dólar acabar, a humanidade acaba junto.A velha pergunta didática que busca ensinar a tolerância serve hoje como metáfora econômica: “o que seria do verde se todos gostassem do amarelo”? Pois é. Quando inventaram o dólar, para cada George Washington impresso em verde havia o valor correspondente em ouro amarelo depositado na Reserva Federal dos Estados Unidos. Era uma maneira de garantir a moeda. Funcionou tão bem que o dólar chegou onde chegou e continuou firme mesmo depois que, ante tamanho crescimento da economia, o “capricho” do lastro foi solenemente abandonado.O abandono do lastro…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.