#7SempreCrônicaCulturaSociedade

Eu poderia apenas dizer que sim

por Ana Bagiani

“Apesar de você, amanhã há de ser outro dia”. Apesar do Chico Buarque, de você e de mim, amanhã será outro dia. Apesar do Brasil, do Carnaval, do Natal, da guerra nos países árabes e até da paz mundial, amanhã será outro dia. Apesar dos anos, das décadas, da moda, dos terremotos e da tecnologia, o amanhã chegará. Apesar ainda do reino dos céus, da terra prometida, da ressurreição dos mortos, da vida eterna (amém), da Cinderela e do paraíso, o sol vai nascer a leste e brilhará absoluto no centro de nosso universo. E este sim, o sol, embora às vezes encoberto por nuvens, fumaça ou desgraça, despontará a cada novo dia.Poderia dizer apenas que sim, há um infinito de possibilidades para além de nossos olhos. Que, assim como o horizonte, o que enxergamos é quase uma ilusão do limite inexistente. Também poderia dizer que, condição inerente, inexorável e…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.