#40DemoliçãoArtes Visuais

De ontem para hoje já era amanhã

por Pedro França

O virtual que me interessa é aquele que funde tempos: o passado é a presença virtual da ancestralidade, da memória, dos traumas, enquanto o futuro é a presença virtual da possibilidade. O sonho, o delírio, a imaginação, a relação com os mortos, tudo isso é virtualidade — onde se encontram passados e futuros remotos. Minhas pinturas, vídeos, trabalhos digitais, projetos urbanísticos, todos têm a ver com isso. Andar para a frente e para trás, simultaneamente, é um modo de driblar as armadilhas do aceleracionismo, por um lado, e do reacionarismo, por outro.

Meu dia a dia consiste em circular por um conjunto de afazeres, como pintar, escrever, editar, projetar. Tento adensar a relação com essas práticas para que elas me conduzam ao seu jeito próprio de falar.

Nesta exposição, mostrei três projetos urbanísticos para locais específicos: no local do Monumento às Bandeiras, proponho reviver a várzea que foi drenada na região do Ibirapuera, para que o monstro de granito seja aos poucos engolido, corroído, atolado. Nos arredores de Canudos, o projeto é de um cinema abaixo da terra, que digere e apresenta imagens sempre atualizadas de fogo em espaço público mineradas da internet. E no estádio do Maracanã proponho a criação de uma fogueira anual no interior da sua carcaça. Queria que esses trabalhos conseguissem criar uma frestinha de outro mundo: um relance imaginativo do futuro, uma ressonância fantasmagórica do passado.

Havia também um grupo de pinturas. Elas são uma tentativa de dar forma a um mal-estar. Que não é só meu, nem é só mal. Mas que baita mal-estar! São pinturas de grupo, habitadas por figuras condoídas, arrebatadas, indignadas, alegres, desgostosas, expostas, enojadas, excitadas, confinadas, amassadas, companheiras, carinhosas, dispostas, eufóricas e reflexivas; em transe, vivas e mortas, realistas, imaginativas, pragmáticas, delirantes, assombradas, bestificadas, eloquentes, solidárias. Há erotismo, mas não sempre; há alegria, há morte, mas não sempre; há cuidado, carinho, solidão; há de tudo. Uma dor difusa, mas também esperança e prazer.

Arte é coisa que se faz junto e sozinho, ao mesmo tempo. A mostra incluiu parcerias com artistas que amo, porque me sujam: com C.L.U.B.E, fiz os bancos, para que as pessoas sentassem; com Darks Miranda foram montados os vídeos do Maracanã e do Ibirapuera; com Raphaela Melsohn, esculturas de cerâmica pintadas, parte de uma colaboração contínua; e com Rudá Babau fiz um audioguia, disponível aqui: memoriademuitos.com

Fotos de Ana Pigosso
Slot Gacor Slot Deposit Pulsa Situs Slot Gacor Slot Gacor Online Slot Tergacor Situs Slot Tergacor Bandar Judi Slot Online Judi Slot Online Judi Slot Tergacor Agen Slot Tergacor Agen Situs Slot Gacor Daftar Slot Tergacor Situs Slot Tergacor Dan Terpercaya Daftar Agen Slot Tergacor Daftar Situs Judi Slot Tergacor Slot Tergacor Hari Ini Agen Slot Tergacor Dan Terbaik Situs Slot Deposit Pulsa Situs Slot Tergacor Populer Daftar Slot Tergacor Maxwin Situs Judi Slot Tergacor 2022 Bocoran Slot Tergacor Hari Ini Info Bocoran Slot Tergacor Hari Ini Link Daftar Situs Slot Gacor Daftar Slot Gacor Hari Ini Daftar Slot Tergacor Gampang Menang Daftar Slot Tergacor 2022 Situs Judi Slot Tergacor Situs Judi Slot Tergacor Dan Terbaik Situs Judi Slot Tergacor Dan Terbaik 2022 Slot Tergacor Mudah Menang Slot Online Slot Online 2022 Slot Online Gacor
https://nzatedinburgh.com
https://elteuvot.org
https://springtothetap.org
https://aaer.org
https://thedocc.com
https://storyforgeproductions.com
https://wvmuseums.org
https://plastykkolo.com
https://whoownstheicehouse.com
https://worldhockeysummit.com
https://australiavotes.org
https://conqueringdreams.org
https://mileageworkshop.com
https://saltbricktavernnyc.com
https://actoncloud.com
https://cathfam.org
https://sarzanascacchi.it
https://www.paolodisabatino.it
https://sabislot88.web.fc2.com

 

 

Cadastre-se