#7SempreCrônica

A nossa vida já é eterna

por Bruno Hoera

Se não está mais na internet, você praticamente nunca existiu Desde que me lembro por gente, ao conhecer uma pessoa, tenho a terrível mania de enchê-la de perguntas. Gosto de saber sobre seus filmes preferidos, restaurantes prediletos e pessoas nas quais se inspira. Pratica esportes? Qual o livro de sua vida? Me mostre suas fotos! (Eu sempre quero ver todas)!E, depois de muito ver e ouvir, solto a pergunta final – aquela que me apontará os verdadeiros valores de cada um: se você morresse nesse exato instante e todas suas lembranças fossem deletadas da memória, qual seria o único momento que guardaria por toda a eternidade?Um silêncio repentino sempre decorre. São poucas as pessoas que respondem no ato e com convicção.Porém, depois que a internet apareceu como necessidade de sobrevivência humana e, com ela, as redes sociais, tudo simplificou-se. Não há mais porquê afogar alguém em pontos de interrogação. Está…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.