#23EducaçãoCulturaLiteratura

A revolução que vem do berço

por Léo Coutinho

A revolução que vem do berço. O editor da Amarello informou o prazo para entrega do texto: 8 de março. Coincidência ou não, Dia Internacional da Mulher. Sob o tema Educação, o pedido vinha acompanhado de um combinado tácito formado ao longo desses seis (!) anos de colaboração: ambientar o tema no universo político. Educação política, portanto, e, com a coincidência, o papel da mulher nessa construção.Impossível não começar reconhecendo o poder da mulher sobre a formação do Homem. As chances de qualquer pessoa ter recebido de uma mulher as primeiras noções de educação são quase absolutas. Salvo raríssimas exceções, as mães são as primeiras responsáveis pela educação dos filhos, diretamente seguidas pelas professoras. Reconhecendo o poder, reconhecemos também a responsabilidade.Num panorama rápido pela luta dos direitos das minorias, encontra-se pela história recente casos de negros escravagistas, assim como são conhecidos casos de judeus nazistas. Há uma enormidade de gays…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.