#4ColonialismoHistória

O “bom” Nassau: Um invasor muito genial

por Carlos Andreazza

Não me engano naqueles discursos – mui críticos da colonização portuguesa do Brasil – segundo os quais a cousa teria sido diferente [e melhor] acaso fôssemos uma ex-colônia holandesa, por exemplo. Diferente, é provável. Melhor… Não sei. Ou não estará aí o miserável Suriname, vizinho nosso, para nos pulguear a orelha?Portanto, exercendo a minha soberania [concessão, dirá meu nobre editor] sobre este território impresso, informo: o presente escrito não se destina a teses de supremacia de um projeto colonial em detrimento de outro, tampouco se lança a especulações sobre como nos teríamos quedado se – olha o se aí – a empresa holandesa no Nordeste afinal triunfasse. Ora ignoro – ou quero ignorar – os exércitos, as estratégias, os modelos de exploração [quais sejam, estabelecidos em maior ou menor pilhagem dos recursos nativos], o poderio econômico etc.; e desprezo apaixonadamente a noção de pátria e a ideia vulgar de nação.…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.