#37Futuros PossíveisArteFotografiaMúsica

Adupé Obaluaê

por Gil Alves

Obaluaê é o orixá das doenças, da saúde, da vida e da terra. Esta fotoperformance, intitulada A Cura através da Dança, surgiu dessa necessidade de respeito aos nossos ancestrais e como um pedido para que Obaluaê nos proteja e nos guie em meio a esse longo período de provações.

O xaxará, aqui apresentado como um totem de madeira e palha, é uma espécie de cetro, evidenciando o orixá como o “Rei da Terra” e senhor do portal entre o mundo dos vivos e dos mortos. A gamela, objeto cênico circular que o performer entra e carrega durante o vídeo, tem uma simbologia muito forte na Bahia, que é o prato de barro onde se come e onde se coloca a oferenda aos orixás. 

Um diálogo com nossa ancestralidade e o universo imagético religioso do candomblé. A fotoperformance foi registrada pela fotógrafa Maria Mango durante as gravações do videoclipe Adupé Obaluaê do pianista, cantor e compositor Zé Manoel, dirigido por Wendel Assis e Gil Alves, que, além de dirigir, também atuou no videoclipe. Coreografia de Jorge Silva, figurinos de Luciano Santana e elementos cênicos de Jorge Alberto.

Cadastre-se