#7SempreAmarello VisitaArquiteturaDesignEstiloInteriores

Amarello Visita: Ricardo Salém

por Alice Moura Gabriel Valdivieso

Num tempo em que as únicas luzes do lugar eram das estrelas cadentes, Ricardo Salem – até então, por profissão, explorador do mundo – chegou a Trancoso.Após uma temporada na Índia e na Europa, voltara ao Brasil com sede tropical – e foi assim que desembarcou no sul da Bahia, onde sentiria, enfim, o sabor das origens indígenas de seu povo. Ricardo nunca pensara em ser arquiteto. Formado em Direito, tinha o sonho de se tornar diplomata, mas, em decorrência do AI-5 e, portanto, do recrudescimento da ditadura, logo desistiria. Não queria ser representante “dos milicos”. Foi para Londres disposto a “pensar” e se divertir um pouco ao lado dos amigos – também pensantes – Caetano e Gil. Em seguida, viajou pelo Rajastão e por Goa, onde adquiriu grande parte de seu repertório e de suas referências de estilo na decoração.Refém dos encantos da mágica Trancoso, foi nesse pedaço histórico…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.