#3MedoCulturaSociedade

“Medo…Que Dá Medo Do Medo Que Dá!”

por Patricia Lomonaco

Medo bom ou medo ruim? De maneira geral, associamos coisas ruins à palavra medo: medo de assalto, medo da morte, medo de não conseguir pagar as contas no final do mês, medo de não ser aceito pelos outros. Entretanto o medo também tem seu lado positivo: é um instinto de fundamental importância para a sobrevivência do homem já que é um sinal de alerta, de que ele possa estar correndo perigo e que precisa reavaliar sua situação e a maneira de estar no mundo.Na época das cavernas, os homens que não tinham medo de um perigo real, morriam. Este sentimento era uma medida que auxiliava o homem a avaliar quando era o momento de lutar ou de fugir para sobreviver.Contudo, o medo pode fugir ao controle e chegar até a atrapalhar a sobrevivência do homem, como é o caso das pessoas que sofrem de um transtorno de ansiedade antecipatório chamado…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.