#30IlusãoCulturaSociedade

Meditação, sexo, política, grana

por Thiago Blumenthal

Vocês leram nos jornais ou nas redes sociais. O guru mais famoso das celebridades brasileiras foi acusado de assédio. Houve alguma comoção? Houve. Sempre há. Tudo há. Hoje as pessoas se comovem com fotinho de cachorro com cara triste. Mas não tanta, ainda bem, uma vez que o caso não deveria ser novidade. Gurus e líderes religiosos são pegos em seus instintos mais carnais desde a invenção dos deuses, dos totens, da religião. E não me refiro somente ao hinduísmo, mas a outras religiões, do padre que apalpa o pipi do coroinha ao sensei que leva a ocidental encantada pelo budismo ao Burgão Grill no sábado à noite, na Vila Matilde. No caso de líderes hindus, especificamente, sabemos que o seu supereu está sob constante influência do instinto, em uma inversão fantástica com o id.Há uma história célebre. Quando os Beatles visitaram a Índia, por insistência de George Harrison, Maharishi…

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Assine ou para ter acesso a todo o nosso conteúdo.